ramos do direito

A advocacia é um nicho em constante transformação. Então, com o avanço da inovação na área jurídica e as mudanças do mercado, é natural que surjam novas demandas e regulamentações. Nesse cenário, alguns ramos do direito têm se tornado tendência, trazendo desafios e oportunidades para os profissionais.

Ampliar os conhecimentos ou se especializar em novas áreas pode ser um grande diferencial para o advogado se destacar no mercado. Afinal, hoje em dia espera-se que o profissional jurídico, além de se atualizar e acompanhar as tendências, seja cada vez mais multidisciplinar e tenha uma visão sistêmica dos negócios.

Pensando nisso, veja quais são os 4 ramos do direito que prometem maior demanda nos próximos anos e comece já a se preparar. 

Boa leitura!

Conheça os ramos do direito que estão em alta no mercado jurídico

1. Direito Ambiental

Um dos ramos do direito mais promissores e em plena expansão é o Direito Ambiental. Isso porque a preocupação com o meio ambiente e as regulamentações para a preservação da natureza são temas cada vez mais discutidos na sociedade.

  • Onde atua?

Muitas empresas privadas, assim como o poder público, já buscam métodos e opções sustentáveis em seus modelos de negócio, a fim de operar gerando menores impactos ambientais. Com isso, crescem as oportunidades na área para o profissional do direito. 

  • Que conhecimentos precisa ter?

Para trabalhar nesse ramo, é importante que o advogado tenha um amplo conhecimento. Pois o Direito Ambiental é marcado pela multidisciplinaridade e por diversos campos do saber.

Assim, a área exige do profissional um perfil de intenso comprometimento com uma grande diversidade de temas. Além de engajamento e conscientização pela causa ambiental.

2. Direito Concorrencial

O Direito Concorrencial é o ramo do direito responsável por analisar juridicamente a performance de empresas e concorrentes. Em um cenário em que estratégias de marketing e vendas são cada vez mais adotadas por todos os tipos e portes de empresa, a análise de práticas anticoncorrenciais se torna cada vez mais necessária.

  • Onde atua?

Nessa área, o profissional pode, por exemplo, prestar consultoria sobre práticas anticompetitivas e também atuar em ambientes corporativos em prol da defesa e proteção das organizações.

Deve também elaborar programas de compliance para garantir a adequação das empresas às legislações. Além de prevenir ações que infrinjam as normas vigentes sobre concorrência.

  • Que conhecimentos precisa ter?

Para isso, é importante que o profissional tenha conhecimento do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência (SBDC). Além de dominar a legislação sobre o assunto, como a Lei nº 12.529/2011.

3. Direito Digital

Com a intensificação do uso da internet, o Direito Digital tem se tornado uma das maiores tendências do setor. O ramo consiste em estudar e definir regras jurídicas para regular as condutas humanas baseadas na tecnologia e no ambiente online. 

  • Onde atua?

Com o avanço da tecnologia e a regulamentação da LGPD, as empresas precisam mais do que nunca do apoio de um profissional do jurídico que entenda as novas demandas do mundo da internet. 

Aqui, uma das principais questões com as quais o profissional deve lidar é a cibersegurança, para garantir a proteção jurídica de empresas e clientes. Com o uso massivo da internet, é cada vez mais importante discutir sobre o ambiente virtual e criar leis e regulamentações para proteger os direitos dos cidadãos.

  • Que conhecimentos precisa ter?

Com a expansão das Lawtechs ou Legaltechs, têm surgido muitas soluções inovadoras para o âmbito jurídico, como os softwares de gestão de contratos. Por isso, é importante ter um perfil aberto à tecnologia e ao novo modelo de trabalho do advogado 4.0. Superando os métodos ultrapassados e burocráticos.

Com as ferramentas tecnológicas, o profissional do direito consegue otimizar seu trabalho, reduzir custos, ganhar agilidade e praticidade em sua rotina. 

Para atuar nesse ramo, é preciso também compreender as leis que regem e penalizam os crimes cibernéticos. Bem como as determinações da LGPD, que regulamenta a coleta, o armazenamento e o uso de dados pessoais.

4. Direito da Infraestrutura

Por fim, um dos ramos do direito que vem crescendo nos últimos anos é o Direito da Infraestrutura.

  • Onde atua?

Conforme as medidas tomadas pelo governo quanto a investimentos em concessões, parcerias público-privadas e em projetos de infraestrutura, a demanda por profissionais dessa área pode se intensificar. A necessidade por esse profissional existe principalmente nas indústrias e grandes empresas.

  • Que conhecimentos precisa ter?

O advogado desse ramo deve ter um conhecimento amplo e multidisciplinar. Irá lidar com assuntos como:

  • Financiamento;
  • Privatização;
  • Investimento público..
logo incontract

Software de gestão de contratos e documentos, desenvolvido para facilitar o dia a dia nas empresas.

Conteúdos Gratuitos

Siga-nos

Email: contato@incontract.com.br
Nossos telefones:

SC +55 (47) 3036-7700
SP +55 (11) 4118-2300